Juiz da Lava Jato suspende criação de fundo privado do MPF que receberia 2,5 bilhões de reais

O juiz Luiz Antônio Bonat decidiu suspender nesta quarta-feira, 13, por 90 dias, os procedimentos para a criação do fundo privado para gerir dinheiro devolvido pela Petrobras. O pedido de suspensão foi feito na terça, 12, pelo Ministério Público Federal. A decisão de suspender o processo de criação do fundo cabia ao juiz porque o acordo já havia sido homologado pela Justiça Federal. O juiz determinou que o MPF terá que apresentar, a cada 30 dias, informações detalhadas sobre as providências adotadas em relação ao acordo.

Com alta de 67,9% nas vendas para outros países no primeiro bimestre de 2019, a celulose assumiu o inédito terceiro lugar na pauta de exportações do Paraná. Conforme dados do Ministério da Economia, tabulados pelo Instituto Paranaense de Desenvolvimento Econômico e Social (Ipardes),  foram negociados US$ 177,7 milhões do produto nos dois primeiros meses do ano, contra US$ 105,8 milhões em igual período de 2018 – quando era o quinto mais exportado pelo Estado.

Um mototaxista paraguaio foi flagrado tentando entrar no Brasil com cerca de R$ 30 mil não declarados, o que caracteriza evasão de divisas. O estrangeiro foi abordado durante fiscalização de rotina na aduana da Ponte Internacional da Amizade, em Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná. Segundo os agentes da Receita Federal e policiais do Batalhão de Polícia de Fronteira (BPFron), os maços de dinheiro estavam presos na cintura e escondidos no calçado do mototaxista. A Receita Federal informou que liberou ao paraguaio R$ 10 mil – quantia autorizada para entrada ou saída do país sem declaração de origem – e apreendeu os cerca de R$ 20 mil restantes.

Topo