logo

A SEGUIR

"A Voz da Esperança"

11:50:00 - 12:00:00

"Prefeitura Municipal de Coronel Vivida"

12:00:00 - 12:05:00

Administração municipal de Coronel Vivida premia alunos no concurso de brinquedos de material reciclado

O Concurso Municipal de Brinquedos com Material Reciclado encerrou, na quinta-feira (11) com premiação. Após a instrução dos professores em sala de aula, os alunos dos 3º e 4º anos das escolas municipais e particulares, junto com seus familiares, construíram os brinquedos. No total, foram mais de 500 brinquedos confeccionados com material que seria destinado ao lixo. Os 4 alunos que receberam mais votos na enquete lançada na internet receberam prêmios.

Cada turma escolheu um brinquedo para representar a escola na votação final. Dessa forma, reuniu-se 28 brinquedos, que foram registrados em vídeo, para que as pessoas pudessem assistir e votar em uma enquete, na internet. Foi pedido que os votos levassem em conta a criatividade e a reutilização de material que seria descartado ao lixo.

Elaine Witt, assessora técnica do Departamento de Meio Ambiente, comentou que o resultado foi muito positivo e já se pensa na próxima edição do concurso. “A aceitação foi muito boa pelas escolas, pelas famílias e pelos patrocinadores, e os brinquedos finalistas demonstram o quanto houve esse envolvimento por parte de todos”.

A Maria Eduarda Siqueira, aluna da Escola Municipal Juventino Rufato, ficou em 1º lugar e confeccionou um jogo de “minibasquete” com copos de isopor, papelão, bolinha de ping pong, cola, entre outros materiais. Ela contou que aprendeu que “O Meio Ambiente precisa ser cuidado por todos, e fazer as coisas com material reciclável é uma forma de ajudar”.

A secretária de Educação, Nancy Perin, reforçou que essas ações auxiliam muito os professores em sala de aula. “É de muita valia, quando concursos, projetos e outras atividades, incentivam aquilo que é repassado em sala de aula, isso valoriza o trabalho do professor e também agrega no aprendizado dos alunos”.

O Arthur Bortolazzi, aluno do Colégio Futura, criou um robô com rolo de papel higiênico, papelão, um motor de carrinho, pilhas e isopor. Ele ficou com a 2ª colocação e revelou que teve a ajuda do pai. “Foi muito legal, fui juntando as coisas e depois, com a ajuda do meu pai, fiz o robô e ele funcionou”.

O prefeito Frank Schiavini esteve presente na premiação e parabenizou o Departamento de Meio Ambiente pela iniciativa e também os alunos, pais e professores envolvidos. “Reciclar hoje é uma necessidade, quando fazemos isso, estamos colaborando com o mundo todo, e é educando e orientando as nossas crianças, que alcançaremos muito mais resultado, por isso, parabéns a todos os envolvidos e aguardamos a próxima edição do concurso”.

Topo