logo

A SEGUIR

"A Hora da Misericórdia"

15:00:00 - 15:30:00

"Show da Tarde"

15:30:00 - 17:00:00

Cresol Coronel Vivida liberou a assinatura do primeiro contrato do Pronaf habitação

Na tarde da última sexta feira (06), na sede da Cresol Coronel Vivida, o Senhor Valdir Tabolka, agricultor familiar, da comunidade de Linha Envolvido, assinou, em companhia de sua família, o contrato referente ao Pronaf Habitação.

Essa linha de crédito é destinada para os agricultores familiares enquadrados no Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar – PRONAF e proprietários de imóveis rurais. O limite de financiamento é de R$ 50.000,00, com prazo para quitação de 10 anos, juros de 4,6% ao ano e até 03 anos de carência.

O Senhor Valdir Tabolka afirmou que estava em seus planos construir uma casa nova, porém, ainda não havia conseguido realizar este sonho. Agora, com um financiamento a longo prazo, é possível planejar as finanças e investir na moradia. “Estamos ansiosos em fazer nossa casa, para melhor receber os familiares e amigos”, comentou Tabolka.

Outras dez famílias estão com a documentação organizada e aguardando a liberação dos contratos. Para Vandir A. da Conceição, gerente da unidade Cresol Coronel Vivida, “é uma satisfação para nossa cooperativa contribuir na realização dos sonhos de nossos cooperados e proporcionar um melhor conforto no meio rural”. Destaca ainda, que uma preocupação é com a real aplicação do recurso. Para isso, a Cresol firmou uma parceria com o Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Coronel Vivida, o qual por mais de dez anos acompanhou a execução de programas habitacionais. Fica sob a responsabilidade do Sindicato: organizar a demanda; realizar visitas de diagnósticos das propriedades; elaborar, em parceria com a Cooperativa de Habitação da Agricultura Familiar (Cooperhaf), os projetos arquitetônicos; e, por fim, vistoriar a execução das obras.

Novos interessados devem procurar o Sindicato ou a Cresol o quanto antes, tendo em vista que o volume de recursos é limitado, apenas 50 mil casas, para todo o Brasil.

Topo