logo

A SEGUIR

"Rádio Saudade"

12:00:00 - 13:00:00

"Mistura Brasileira"

13:00:00 - 14:30:00

Casados há 63 anos morrem com diferença de meia hora no Rio Grande do Sul

O marido estava internado; aguardando em casa, a esposa sentiu que ele havia acabado de falecer

Ângelo Costa Dias, de 82 anos, e Elvira Sulfiati Dias, de 80, estavam casados havia 63 anos quando, ao meio-dia desta sexta-feira, 31 de maio, partiram desta vida com cerca de meia hora de diferença.

De acordo com o filho do casal, Olacir Dias, o pai estava internado no hospital Santa Terezinha, da cidade gaúcha de Paim Filho, enquanto a mãe, em casa, aguardava a recuperação do marido. Faltando poucos minutos para o meio-dia da última sexta, Elvira se sentava à mesa do almoço quando sentiu que Ângelo tinha partido. Ela afirmou espontaneamente: “O nonno morreu“, usando o termo carinhoso com que os descendentes de italianos no Sul do Brasil continuam se referindo aos avós mesmo quando falam em português.

Logo depois dessas palavras, Elvira perdeu os sentidos. A sua morte foi confirmada ainda em casa. Poucos minutos depois, a família recebeu do hospital a notícia de que, fazia cerca de meia hora, Ângelo também tinha falecido.

Marieli Calgarotto, neta do casal, postou emocionada no Facebook uma singela homenagem aos avós:

“Nosso coração está muito triste… e duplamente triste… Nosso casal de velhinhos de cabelos brancos se foi. Nossos guerreiros de vida que criaram uma família sempre com muita dificuldade, mas com valores e bons exemplos. Um sempre cuidando do outro. 63 anos juntos de dedicação e muito trabalho. São exemplos para nós de muita luta, de amor, de trabalho. Nossa gratidão! Vão em paz, Vô Ângelo e Vó Elvira… Quis Deus que, depois de 63 anos juntos, vocês partissem dessa vida juntos”.

Topo