Ao vivo

Experiência de Deus

com Pe. Reginaldo Manzotti

22:00 até as 23:00

a seguir:

com

até as

Notícias

Polícia Militar registrou inúmeras ocorrências em Coronel Vivida durante o final de semana.

09/04/18 08:04

Polícia Militar registrou inúmeras ocorrências em Coronel Vivida durante o final de semana.
CORONEL VIVIDA
DATA: 08/04/2018 HORA DO REGISTRO: 15H05MIN
ENDEREÇO: Rua das Hortências BAIRRO: Primavera II
NATUREZA: FURTO QUALIFICADO
Compareceu até a sede desta companhia a vitima de um furto; informou que, na data de ontem (07/04/2018), estava em sua residência juntamente com alguns amigos, porém em certo momento, outro indivíduo chegou a sua residência e permaneceu no local por alguns instantes, segundo a solicitante, em "atitude suspeita", haja vista que o mesmo não tem tanta proximidade com a vítima do furto, e que não costuma frequentar a residência, este permaneceu cerca de 20 (vinte) minutos no local conversando com os que ali estavam. Após esse tempo, a solicitante, juntamente com seus amigos, se retiraram do local, o individuo que chegara ali também se retirou do local. Por conseguinte quando a vitima retornou a sua casa a pessoa que dantes já havia estado no local fez-se presente outra vez, tendo causado indignação na vitima e nos presentes que acabaram discutindo, tendo a posterior este se retirado do local, tomando rumo em sentido ignorado. Após isso, por volta das 13h00min, a Sra. sentiu falta de uma prancha de cabelo, de cor preta e marca "Taiff" e uma câmera fotográfica também de cor preta, marca Canon, profissional, os objetos que se encontrava no interior de seu veículo. A vitima disse que seu veículo teria ficado destrancado na garagem de sua residência, enquanto estavam em casa. Relata a vítima que devido às atitudes do individuo citado, desconfia que este possa ser um possível autor do fato, porém sem possuir provas, mas também não descarta a hipótese de ser outro o autor do fato já que seu veiculo ficou destravado na garagem. Os policiais após ter ciência do fato patrulharam nas adjacências no intuito de abordar pessoas suspeitas, todavia não foi possível lograr êxito.

DATA: 08/04/2018 HORA DO REGISTRO: 15H34MIN
ENDEREÇO: Rua Pedro Lotti BAIRRO: Imaribo
NATUREZA: LESÃO CORPORAL-VIOLÊNCIA DOMÉSTICA
A equipe policial recebeu uma chamada no celular da viatura de uma senhora aos prantos informando que teria sido agredida pelo seu filho. Prontamente a equipe deslocou até ao local e entrou em contato com a vítima das agressões informou que seu filho havia ingerido bebida alcoólica e teria lhe empurrado e ameaçado de morte por diversas vezes, inclusive teria quebrado a cama e espalhado vários objetos pela casa, e posteriormente teria saído de casa. Segundo a solicitante o mesmo teria ainda pego um pedaço de pau e ameaçava lhe agredir. A vítima disse ter interesse e representar contra o mesmo, pois teme que aconteça o pior com ela. Após a conversa com a solicitante os policiais realizaram patrulhamento no bairro Imaribo a fim de localizar o autor do fato, tendo obtido êxito em encontrar o mesmo próximo ao local, sendo realizada a abordagem ao mesmo, nada de ilícito foi encontrado com este. Posterior a isso as partes foram conduzidas até a sede da 3º CIA para confecção do boletim de ocorrência e posteriormente os mesmos foram encaminhados até a 5º SDP Pato Branco-PR.

DATA: 08/04/2018 HORA DO REGISTRO: HMIN
ENDEREÇO: Rua Vereador Faustino Dela Vecchia, BAIRRO: Fleck
NATUREZA: DESOBEDIENCIA/DIREÇÃO PERIGOSA/RESISTENCIA/EMBRIAGUEZ AO VOLANTE
A equipe policial RPA realizava patrulhamento na Avenida Generoso Marques quando visualizou o veiculo, VW/Voyage CL 1.8, em atitude suspeita, o mesmo realizava manobras em zig zag, colocando a sua segurança e de terceiros em risco; incutindo desta forma no crime de direção perigosa, além de trafegar com o som excessivamente alto, diante dos fatos a equipe policial deu voz de abordagem com sinais sonoros e luminosos, sendo que o mesmo ao visualizar a viatura tentou se evadir do local, tendo sido necessário realizar o acompanhamento tático, sendo logrado êxito em abordar o veiculo na Rua Vereador Faustino Delavechia, o condutor parou o veiculo, porém manifestou recusa em desembarcar deste quando solicitado pelos policiais, ante ao fato a equipe deu voz de prisão ao condutor pelo crime de desobediência devido a sua recusa em acatar a ordem policial. Ainda foi necessário por parte dos policiais o uso progressivo da força para retirar o condutor do veiculo, a todo o momento o condutor investiu ativamente contra a equipe, com coices e socos. Após breve luta corporal, foi contido o agressor e para resguardar a integridade física desta equipe, de terceiros e do próprio conduzido, foi feito o uso das algemas, conforme súmula vinculante do STF nº11. Posteriormente o condutor se identificou, sendo que este apresentava sinais característicos de embriaguez tais como: olhos avermelhados, fortíssimo odor etílico, vestes desalinhadas, andar cambaleante. Ante ao exposto foi conduzido o veiculo e condutor para a sede da 3º Cia de policia. Nesta foi ofertado ao condutor à oportunidade para se realizar o teste do etilômetro, todavia houve recusa deste; não obstante, vale relembrar que o estado de embriaguez pode ser comprovado por qualquer meio de prova constatada pelo agente, independente do exame de teor alcoólico (bafômetro), no caso apresentar sinais indicativos, tais como ficar muito agitado, odor característico, olhos avermelhados, dificuldades em proferir palavras entre outros. Os policiais confeccionaram a documentação que a situação solicitava. Sendo que após esta o autor dos fatos foi encaminhado a 5º-SDP de Pato Branco-PR, pelos crimes de desobediência, resistência, embriaguez ao volante e direção perigosa. Ainda ficou apreendido o veiculo no pátio da 3º Cia, sendo lavrados os seguintes autos de infração, 165 - dirigir sob a influência de álcool, 166 - confiar ou entregar a direção à pessoa que não estiver em condições de dirigi-lo com segurança, 175 - utilizar-se de veiculo para demonstrar ou exibir manobra perigosa, 232 - conduzir o veiculo sem os documentos de porte obrigatório, 195 - desobedecer às ordens emanadas da autoridade competente, 228 - usar no veiculo equipamento com som em volume excessivamente alto. Infrações estas todas citas código de trânsito brasileiro.

DATA: 08/04/2018 HORA DO REGISTRO: 15H34MIN
ENDEREÇO: Rua Jaco Fleck BAIRRO: Francisco José Gugik
NATUREZA: LESÃO CORPORAL-VIOLÊNCIA DOMÉSTICA
A equipe Rotam estava em patrulhamento quando foi solicitada para dar atendimento a uma situação de Violência Domestica. No local se encontrava há vitima 19 anos, e seu filho com apenas 17 dias de vida, a qual relatou que teria sido agredido com estrangulamento pelo seu convivente de 23 anos, enquanto estava com seu filho no colo, vindo também a tomar violentamente a criança do seu colo. Que em seguida populares levaram a vítima até a casa de uma senhora, momento em que seu agressor/convivente começou a ameaçar todas as pessoas que ali estavam tentando proteger a vítima; também ameaçou de cortar o pescoço da sua convivente. Por conseguinte seguida saiu em rumo ignorado, não sendo possível conduzir o mesmo. Diante dos fatos a requisitante juntamente com seu filho foi conduzida ao UPA pela equipe Rotam para avaliação medica e posterior orientada aos procedimentos cabíveis ao fato.

DATA: 08/04/2018 HORA DO REGISTRO: 21H00MIN
ENDEREÇO: RUA RICARDO BORTOLON BAIRRO: SCHIAVINI
NATUREZA: EMBRIAGUEZ AO VOLANTE
Em novas diligencias pelas vias da cidade os policiais visualizaram um veículo Ford/Versailles de cor dourada, o qual aparentava estar sem o cano de escape sendo assim foi realizada abordagem com o fim de verificar tal situação. No veículo estavam três indivíduos. Durante averiguação veicular se constatou em consulta ao sistema SESP/INTRANET que o veículo possuía pendências administrativas; o veiculo também apresentava mau funcionamento nas lanternas traseiras, além de estar sem o cano de escape, sendo este o que motivou a abordagem. Os policiais ainda verificaram que o condutor exalava forte odor etílico. Em busca veicular nada de ilícito foi localizado. Diante dos fatos os passageiros foram liberados no local da abordagem haja vista não haver nada de ilícito com estes; o condutor foi encaminhado até a sede da 3º Cia para a confecção da documentação pertinente. Já na 3ºCia foi oferecida ao condutor a oportunidade de realizar o teste do etilometro com o aparelho marca Elec modelo baf300 nº de série 04195 o qual de pronto aceitou tendo como valor aferido 0,45 mg/l e valor considerado 0,41mg/l. Por conseguinte foi dada voz de prisão ao condutor por dirigir embriagado, incorrendo este no crime de embriaguez. Posteriormente a confecção do Boletim de Ocorrência, o condutor foi entregue na Delegacia de Policia Civil de Pato Branco-PR para as providencias cabíveis. O veículo ficou retido junto ao pátio da 3ªCia até a devida regularização. Foram confeccionadas as notificações de acordo com os artigos 165 - dirigir sob a influência de álcool, 166 - confiar ou entregar a direção à pessoa que não estiver em condições de dirigi-lo com segurança, 230V, 230IX e 230XXII do CTB.
Fonte PM
Por Valdenir Lima



› Voltar

› Veja todas as noticias

PARCEIROS

PREVISÃO DO TEMPO

PROGRAMAÇÃO DO DIA

  • › 05:00 às 06:00 - Amanhecer no Sertão
  • › 06:00 às 06:05 - Oração da Manhã
  • › 06:05 às 06:50 - Amanhecer no Sertão
  • › 06:50 às 07:00 - O Homem e a Terra
  • › 07:00 às 07:30 - RVP Notícias 1a Edição
  • › 07:30 às 10:00 - Bom Dia Cidade
  • › 10:00 às 11:50 - Alma da Terra
  • › 11:50 às 12:00 - A Voz da Esperança
  • › 12:00 às 12:05 - Prefeitura Municipal de Coronel Vivida
  • › 12:05 às 12:30 - RVP Notícias 2a Edição
  • › 12:30 às 13:00 - Destaques Esportivos
  • › 13:00 às 15:00 - Sementes de Nossa Terra
  • › 15:00 às 15:30 - A Hora da Misericórdia
  • › 15:30 às 17:00 - Show da Tarde
  • › 17:00 às 19:00 - Entardecer Musical
  • › 19:00 às 20:00 - A Voz do Brasil
  • › 20:00 às 22:00 - Amigos pela Fé
  • › 22:00 às 23:00 - Experiência de Deus
  • › Veja toda a nossa programação