Ao vivo

A Noite é Nossa

com Reinaldo Claudino

19:00 até as 21:00

a seguir:

Oração do Santo Terço

21:00 até as 22:00

Notícias

Justiça bloqueia R$ 900 mil do Governo do Paraná por descumprir interdição de delegacia no litoral

10/04/18 09:04

A Justiça bloqueou R$ 900 mil das contas do Governo do Paraná devido aos reiterados descumprimentos de uma decisão de interdição, remoção de presos e construção de novo espaço na delegacia de Pontal do Paraná, no litoral do estado.

Conforme o Ministério Público do Paraná (MP-PR), entre o dia 20 de março e esta segunda-feira (9), foram determinados bloqueios judiciais de valores de R$ 3,2 milhões, mas houve casos em que não havia dinheiro disponível nas contas do governo.

Os descumprimentos por parte do governo, desde 2016, levou a Vara da Fazenda Pública de Pontal do Paraná a pedir, na quarta-feira (4), ao presidente do TJ-PR, Renato Braga Bettega, a análise da necessidade e possibilidade de representação aos tribunais superiores pela intervenção federal no caso.

BLOQUEIOS

Solicitado

20 de março: R$ 200 mil

26 de março: R$ 520 mil

27 de março: R$ 180 mil

4 de abril: R$ 1.570.000

6 de abril: R$ 330 mil

9 de abril: R$ 410 mil

Total: R$ 3.210.000

Bloqueado

4 de abril: R$ 200 mil

6 de abril: R$ 600 mil

Total: R$ 900 mil


O processo

A ação foi proposta pela promotoria de Pontal do Paraná em 2009 por causa da superlotação da carceragem da delegacia, falta de estrutura física e de pessoal para manter presos abrigados no local, o que, segundo o MP-PR, coloca em risco presos e a população do entorno.

Em março de 2016, a Vara da Fazenda Pública do município deferiu parte dos pedidos da promotoria e determinou a interdição, remoção de presos e construção de novo espaço sob risco de pena de multa em caso de descumprimento.

O governo, por meio da Procuradoria-Geral do Estado (PGE), recorreu da decisão. Em abril de 2017, a 4ª Câmara Cível, por unanimidade, reiterou a decisão de primeira instância. Em julho do ano passado, o estado recorreu novamente.

Por conta disso, o Tribunal de Justiça do Paraná (TJ-PR) deliberou que fosse aguardada manifestação do Supremo Tribunal Federal (STF) sobre o tema para apreciar o recurso. Porém, não foram suspensos os cumprimentos das determinações anteriores.

Em fevereiro de 2018, depois de uma fuga de presos da unidade, a Justiça atendeu pedido da promotoria para que o estado atendesse ao cumprimento provisório da sentença.

No mês seguinte, a própria PGE, que representa o estado no processo, emitiu orientação administrativa urgente à Secretaria de Estado da Segurança Pública e Administração Penitenciária (Sesp-PR) para que se cumprisse as determinações da Justiça imediatamente, informou o MP-PR.

Determinações

Na decisão de 28 de feveiro, a Justiça determinou a remoção dos presos, em até cinco dias, sob pena de multa diária de R$ 10 mil em caso de atraso, até o limite de 60 dias; indicar local para remoção dos detentos em até cinco dias, sob pena de multa de R$ 200 mil; e a não utilização de uma sala para manter custodiados por mais de 24 horas, sob pena de multa de R$ 10 mil por detento.

Além disso, a Justiça mandou demolir a carceragem, avaliada, segundo a promotoria, como irrecuperável pelo próprio estado, e construir novo setor carceragem, sob pena de multa de R$ 500 mil, em prazo máximo de três anos.

Conforme a decisão, diariamente, a Sesp precisa informar à Justiça a relação de presos custodiados no local.

Cadeias interdidatas

Onze delegacias estão interditadas judicialmente por superlotação em Curitiba e Região Metropolitana, de acordo com o MP-PR. Nas 169 delegacias do Paraná, existiam, até março, 11.132 presos - quase o dobro da capacidade delas. Em outras regiões, também há interdições por excesso de presos.

Por: João Luiz Garcia (Tiguera)
Fonte: G1 Globo RPC
Foto: Imagem Ilustrativa



› Voltar

› Veja todas as noticias

PARCEIROS

PREVISÃO DO TEMPO

PROGRAMAÇÃO DO DIA

  • › 05:00 às 06:00 - Manhã Viva
  • › 05:00 às 07:30 - Manhã Viva
  • › 06:00 às 06:05 - Oração da Manhã
  • › 06:05 às 07:00 - Manhã Viva
  • › 07:00 às 07:30 - Sindicato Rural
  • › 07:30 às 10:00 - Momento Novo
  • › 10:00 às 11:00 - Experiência de Deus
  • › 11:00 às 11:30 - Câmara de Vereadores
  • › 11:30 às 12:00 - Sindicato dos Trabalhadores Rurais
  • › 12:00 às 12:30 - Destaques Esportivos
  • › 12:30 às 14:00 - Viola e Canção
  • › 14:00 às 14:30 - Jesus Te Ama
  • › 14:30 às 15:30 - Universo Sertanejo
  • › 15:30 às 17:00 - Super Paradão Sertanejo
  • › 17:00 às 19:00 - Querência Gaúcha
  • › 19:00 às 21:00 - A Noite é Nossa
  • › 21:00 às 22:00 - Oração do Santo Terço
  • › Veja toda a nossa programação