Ao vivo

Amigos pela Fé

20:00 até as 22:00

a seguir:

Experiência de Deus

com Pe. Reginaldo Manzotti

22:00 até as 23:00

Notícias

Quadrilha de roubo a bancos é presa com maleta que bloqueia sinal de celular e até alarmes

04/06/18 14:06

Quatro homens, com idades entre 18 e 35 anos, suspeitos de integrar uma quadrilha especializada em furtos e roubos a bancos, forma presos no último final de semana, no bairro Jardim São Paulo, em São José dos Pinhais, na região metropolitana de Curitiba. Com o grupo, a polícia encontrou uma maleta bloqueadora de sinais de telecomunicações, com capacidade para impedir uso de celulares e até o acionamento do alarme das agências bancárias.

A prisão foi feita pelo Centro de Operações Policiais Especiais (Cope), após seis meses de investigações. Com os quatro suspeitos a polícia apreendeu diversos equipamentos para arrombar agências, incluindo ferramentas para cortes em cofres, como serras e esmeriladeiras.

Sobre a maleta bloqueadora de sinais, o delegado Rodrigo Brown, disse que esta foi a segunda fo gênero apreendida este ano. “Esse equipamento custa, em média R$ 70 mil e, num primeiro momento, bloqueia sinais de aparelhos celulares. Depois de um tempo, acaba bloqueando também o acionamento de alarmes, o que possibilita que os bandidos fiquem horas dentro de agências durante a madrugada até abrirem o cofre”, explicou. “Eles ligam este equipamento para cortar todos os sinais de telefones e dos sistema de monitoramento entre o local e a central”, completou.

Os policiais chegaram até a quadrilha durante investigações realizadas para apurar furtos em agências bancárias ocorridos tanto na capital quanto na Região Metropolitana. A polícia descobriu no feriado, que o grupo se preparava para agir novamente. Foi então que os quatro suspeitos foram presos.

As prisões ocorreram em uma casa na rua Madre Tereza de Calcutá. De acordo com a polícia, a quadrilha é suspeita também de quebrar a parede da agência do banco Santander da Av. Joinville, em São José dos Pinhais, na madrugada do dia 30 de maio.

Os quatro homens foram presos em flagrante e autuados por associação criminosa e por exercerem atividades que interfiram em telecomunicações. Ninguém reagiu à prisão.

Na delegacia, eles não souberam explicar por que estavam com os materiais apreendidos.

Por: João Luiz Garcia (Tiguera)
Fonte: banda B
Foto: PC/Pr



Fotos da Notícia



› Voltar

› Veja todas as noticias

PARCEIROS

PREVISÃO DO TEMPO

PROGRAMAÇÃO DO DIA

  • › 05:00 às 06:00 - Amanhecer no Sertão
  • › 06:00 às 06:05 - Oração da Manhã
  • › 06:05 às 06:50 - Amanhecer no Sertão
  • › 06:50 às 07:00 - O Homem e a Terra
  • › 07:00 às 07:30 - RVP Notícias 1a Edição
  • › 07:30 às 10:00 - Bom Dia Cidade
  • › 10:00 às 11:50 - Alma da Terra
  • › 11:50 às 12:00 - A Voz da Esperança
  • › 12:00 às 12:05 - Prefeitura Municipal de Coronel Vivida
  • › 12:05 às 12:30 - RVP Notícias 2a Edição
  • › 12:30 às 13:00 - Destaques Esportivos
  • › 13:00 às 15:00 - Sementes de Nossa Terra
  • › 15:00 às 15:30 - A Hora da Misericórdia
  • › 15:30 às 17:00 - Show da Tarde
  • › 17:00 às 19:00 - Entardecer Musical
  • › 19:00 às 20:00 - A Voz do Brasil
  • › 20:00 às 22:00 - Amigos pela Fé
  • › 22:00 às 23:00 - Experiência de Deus
  • › Veja toda a nossa programação