Ao vivo

com

até as

a seguir:

Manhã Viva

com Valdenir Lima da Silva

05:00 até as 06:00

Notícias

"UM AMOR MATERNO: MISERICÓRDIA!"

07/06/18 08:06

Se existe uma palavra da Escritura que exprime, como todas as outras e, ainda mais, a revelação de Deus em Jesus Cristo, essa palavra é "misericórdia".
Na grandiosa manifestação de Deus no Monte Sinai, o Senhor revelou a Moisés:- "Eu sou um Deus de compaixão e de piedade, que conserva a sua misericórdia por mil gerações!" (Ex 20,6).

No despontar da era messiânica, Maria anuncia a Isabel que o Todo-Poderoso se lembrou de sua misericórdia e o que n'Ela foi gerado é prova disso (cf. Lc 1,46-55). Eis então que, em Jesus, Filho de Deus e de Maria, encontram-se aliados o amor paterno e materno de Deus, bem expressos pelos dois termos que a língua hebraica usa para definir a misericórdia: uma profunda atitude de bondade, que revela a fidelidade de Deus a si mesmo, e o fato de possuir "entranhas de mãe" para com todos.
Mas, o que é que torna a misericórdia tão potente, fazendo-a sempre superar a justiça? E por que Jesus valorizou tanto esta virtude a ponto de colocá-la como condição para a salvação pessoal?

"Felizes os misericordiosos, porque alcançarão misericórdia" (Mt 5,7).

Como explica muito bem João Paulo II, a misericórdia é a "dimensão
indispensável do amor; é como que o seu segundo nome". As palavras dessa bem-aventurança constituem, para ele, uma síntese de toda Boa Nova, que é a revelação do Amor salvífico de Deus e o convite, dirigido a todos de serem "misericordiosos" como o Pai e como aquele que é a imagem mais fiel do Pai - Jesus!

Na oração do Pai Nosso reaparece, com outras palavras, o mesmo tema da bem-aventurança, (cf. Mt 6,9-15): "Perdoai-nos as nossas ofensas, assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido."
O tema da misericórdia e do perdão permeia todo o Evangelho. Afinal, é esse o desejo de Jesus, o objetivo que Ele nos revelou na sua oração final, na véspera da sua paixão: a unidade de todos, homens e mulheres numa grande família que tem por modelo a Trindade ( cf. Jo 17).

Todo o ensinamento busca nos dar, juntamente com o seu amor, o instrumento para realizar essa altíssima comunhão entre nós e Deus.
E a misericórdia é justamente a máxima expressão do amor e da caridade; é ela que leva a caridade a cumprimento, ou seja que a torna perfeita.
A misericórdia é um amor que sabe acolher todo e qualquer próximo, sobretudo o mais próximo e necessitado. É um amor que procura suscitar a reciprocidade, objetivo principal da misericórdia. E sem a misericórdia existiria apenas a justiça, que é capaz de criar igualdade mas não fraternidade.

Este é um pensamento que nos ajudará a entender e a viver em conformidade com o coração de Deus.

Padre Mario Cesar do Amaral, SAC

Fotos da Notícia



› Voltar

› Veja todas as noticias

PARCEIROS

PREVISÃO DO TEMPO

PROGRAMAÇÃO DO DIA

  • › 05:00 às 06:00 - Manhã Viva
  • › 05:00 às 07:30 - Manhã Viva
  • › 06:00 às 06:05 - Oração da Manhã
  • › 06:05 às 07:00 - Manhã Viva
  • › 07:00 às 07:30 - Sindicato Rural
  • › 07:30 às 10:00 - Momento Novo
  • › 10:00 às 11:00 - Experiência de Deus
  • › 11:00 às 11:30 - Câmara de Vereadores
  • › 11:30 às 12:00 - Sindicato dos Trabalhadores Rurais
  • › 12:00 às 12:30 - Destaques Esportivos
  • › 12:30 às 14:00 - Viola e Canção
  • › 14:00 às 14:30 - Jesus Te Ama
  • › 14:30 às 15:30 - Universo Sertanejo
  • › 15:30 às 17:00 - Super Paradão Sertanejo
  • › 17:00 às 19:00 - Querência Gaúcha
  • › 19:00 às 21:00 - A Noite é Nossa
  • › 21:00 às 22:00 - Oração do Santo Terço
  • › Veja toda a nossa programação