Ao vivo

Raízes Sertanejas

20:00 até as 22:00

a seguir:

Experiência de Deus

com Pe. Reginaldo Manzotti

22:00 até as 23:00

Notícias

Em sessão histórica, Câmara entrega Prêmio Zilda Arns 2018.

13/06/18 17:06

Pela primeira vez na história, a Câmara dos Deputados entregou um diploma de menção honrosa a cinco homenageados que contribuem, ativamente, na defesa dos direitos das pessoas idosas. O Prêmio Zilda Arns pela Defesa e Promoção dos Direitos da Pessoa Idosa, criado através de um projeto da deputada Leandre Dal Ponte (PV-PR), foi entregue na manhã desta quarta-feira, 13, durante uma sessão solene no Plenário Ulysses Guimarães.
A solenidade contou com a presença de parlamentares ligados à defesa dos direitos da população idosa, do secretário nacional dos Direitos da Pessoa Idosa, Rogério Luiz Barbosa Ulson, e do vice-presidente do Conselho Nacional da Pessoa Idosa, Bahij Amin Aur, e dos homenageados: a promotora de Justiça Anna Trotta Yaryd; a irmã Maria Enide Leite, do Instituto Juvino Barreto; Jairo Ribeiro de Mattos, do Lar dos Velhinhos de Piracicaba; a Irmã Terezinha Tortelli, da Pastoral da Pessoa Idosa, e a irmã Conceição, da Fundação Leur Brito.
Além de criadora do projeto que deu origem ao prêmio, foi a Leandre quem indicou a Pastoral da Pessoa Idosa para receber a homenagem. Os cinco vencedores foram escolhidos entre 53 pessoas ou instituições indicados por parlamentares de todo o Brasil.
A deputada Leandre lembrou que, além da emprestar o nome ao Prêmio, Zilda Arns foi fundadora da Pastoral da Criança e da Pastoral da Pessoa Idosa, uma das homenageadas de 2018. “Num passado muito recente, um momento muito crítico no Brasil, com altos índices de desnutrição e mortalidade infantil, o trabalho da Pastoral da Criança foi fundamental para mudar a nossa realidade. E, sensíveis ao cuidado às crianças, percebeu-se a necessidade de também olhar para a pessoa idosa, surgindo a Pastoral da Pessoa Idosa. Assim, tenho a certeza de que a Pastoral da Pessoa Idosa fará o mesmo pelos idosos do que fez a Pastoral da Criança”, disse.
Em nome da Pastoral, irmã Terezinha agradeceu à Câmara e, especialmente, à deputada Leandre. “Zilda foi uma brasileira que todos nos orgulhamos. Uma mulher batalhadora, empreendedora. Tenho certeza que, de onde ela estiver, ela está muito feliz por ter seu nome honrado nesta premiação”, disse a homenageada que conviveu e trabalhou com Zilda Arns por 17 anos.
Segundo ela, atualmente 25 mil voluntários da Pastoral da Pessoa Idosa atendem milhares de idosos em situação de vulnerabilidade em 903 municípios, em todos os estados brasileiros.
Em torno de 13% da população idosa brasileira, cerca de 4 milhões de pessoas, tem dificuldade de acesso ou dificuldade de usufruir a totalidade de seus direitos. E essas pessoas, segundo irmã Terezinha, são o foco de trabalho da pastoral. “Para a realização deste trabalho, exige-se mais do que vocação; exige-se amor ao próximo”, resumiu.
Rafael H. Barzotto
Assessoria de Imprensa Deputada Leandre
Por Valdenir Lima


Fotos da Notícia



› Voltar

› Veja todas as noticias

PARCEIROS

PREVISÃO DO TEMPO

PROGRAMAÇÃO DO DIA

  • › 05:00 às 06:00 - Amanhecer no Sertão
  • › 06:00 às 06:05 - Oração da Manhã
  • › 06:05 às 06:50 - Amanhecer no Sertão
  • › 06:50 às 07:00 - O Homem e a Terra
  • › 07:00 às 07:30 - RVP Notícias 1ª Edição
  • › 07:30 às 10:00 - Bom Dia Cidade
  • › 10:00 às 11:50 - Alma da Terra
  • › 11:50 às 12:00 - A Voz da Esperança
  • › 12:00 às 12:05 - Prefeitura Municipal de Coronel Vivida
  • › 12:05 às 12:30 - RVP Notícias 2ª Edição
  • › 13:00 às 15:00 - Sementes da Nossa Terra
  • › 15:00 às 15:30 - A Hora da Misericórdia
  • › 15:30 às 17:00 - Show da Tarde
  • › 17:00 às 19:00 - Entardecer Musical
  • › 19:00 às 20:00 - A Voz do Brasil
  • › 20:00 às 22:00 - Raízes Sertanejas
  • › 22:00 às 23:00 - Experiência de Deus
  • › Veja toda a nossa programação