Ao vivo

com

até as

a seguir:

Oração da Manhã

com Pe. Reginaldo Manzotti

06:00 até as 06:05

Notícias

Através de denominação de ruas, pioneiros são homenageados em Coronel Vivida.

13/06/18 17:06

Câmara de vereadores aprova a nominação de três ruas no Loteamento Ziger. As pessoas homenageadas foram: David Stédler, Amandio Ziger e Natalia Ferreira de Ramos Gawenda (Vó Natalia).
O Projeto de Lei sob Nº. 32/18, de autoria do vereador Eder Ribeiro Borba foi para segunda votação na última terça feira (12), sendo aprovado por unanimidade.
A seguir breve histórico de vida dos homenageados:
David Stédler
Um dos pioneiros de Coronel Vivida, David Stedler é oriundo de Santa Catarina da cidade de Joaçaba.
Se instalou com sua família, em 1936, na comunidade de Abundância, onde tinha uma casa de comércio com seus irmãos Cesarino e Ernesto Stedile. Após alguns anos de atividade resolveu investir no transporte de cargas e comprou um caminhão para transportar suínos do Sudoeste do Paraná à Ponta Grossa, viagens que duravam até um mês longe de casa. Casou-se em 1954 com dona Joanina Josefina Bernardi, teve 04 filhos: Luiz Carlos, Luizete, Elizabete e Marivete.
Mudaram-se para a cidade de Coronel Vivida em 1963 e a atividade do Sr. David nessa época era a comercialização de suínos de raça, haja visto que na época só havia porcos nativos da região e com isso melhorou muito o plantel das raças da nossa região. Por fim, antes de se aposentar, administrava juntamente com seu filho Luiz Carlos, uma madeireira/laminadora onde sua função era a administração da equipe de funcionários.
Exerceu a função de vereador no mandato de 1989/1992, sendo responsável por importantes leis e sempre em defesa das causas sociais.
Faleceu em 20 de abril de 2018, deixando um legado de trabalho e dedicação para a comunidade Vividense.
Amandio Ziger
Nascido em 19 de junho de 1941, em Erechim RS, filho de agricultores, de uma família de sete irmãos.
Migrou para o Paraná com 12 anos de idade, vindo a se instalar na comunidade de Santo Antonio do Antonio do Salto Grande, município de Coronel Vivida PR.
Com 18 anos ficou órfão de pai e por ser o filho mais velho se dedicou a ajudar a sua Mãe para criar seus irmãos, trabalhando de sol a sol em roças nas terras arrendadas, pois os 12 alqueires que eram de propriedade da família, eram terras ácidas e pouco produzia, portanto, forçando a família a procurar terras dobradas ao lado do Rio Chopim e ali produziam trigo para obter a própria farinha e demais alimentos e com alguma ajuda de vizinhos conseguiram sobreviver e educar a família com os valores cristãos.
Com grande dedicação religiosa, Seu Amandio, como era conhecido, sempre se dedicou a construir a comunidade, ocupando por diversas vezes cargos em diretorias da Escola e nas Diretorias da Igreja, dedicando muitos dias do seu trabalho a ajuda coletiva.
Também fez parte da direção do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Coronel Vivida e da Associação Municipal de Suinocultores, pois sempre foi criador de suínos, tendo nessa atividade sua maior fonte de renda na época em que a produção não era integrada a grandes empresas.
Depois de aposentado mudou-se para a cidade de Coronel Vivida, vindo a residir no Bairro Líder, onde está instalando o loteamento e mesmo acometido de grave doença, no final de sua vida foi perseverante e aceitou sua limitação humana. Sempre teve força e fé em Deus, o que lhe permitiu viver até seus últimos dias aconselhando e confortando aqueles que estavam ao seu redor, acreditando que a vida na terra, é apenas uma passagem para seguir em outra dimensão espiritual.
Natalia Ferreira de Ramos Gawenda (Vó Natalia)
Gaúcha de Soledade, migrou para o Paraná na década de 1950, sendo Pioneira juntamente com sua família no desbravamento das fronteiras agrícolas no nosso município.
Sua família se instalou na Região do Salto Grande. Posteriormente acolheram diversas famílias que também chegavam do Rio Grande e que ao chegar ao Paraná, pouco tinha para iniciar suas vidas e que a ajuda vinda da família Ferreira de Ramos se tornava de grande importância para matar a fome dos que aqui chegavam.
Natália era de uma família de 8 irmãos e ainda na infância foi acometida de uma grave doença pulmonar, o que a levou a ficar muito debilitada e a fé de seus pais foi tão grande que prometeram que se a filha fosse curada, a família doaria as terras necessárias para que fosse construída a primeira igreja na comunidade. Assim aconteceu e a comunidade de Salto Grande está até hoje instalada nesse local.
Com Natália já restabelecida de sua enfermidade, a mesma iniciou, juntamente com outros jovens da região, um sistema de ajuda as famílias mais necessitadas, através de trabalho coletivo, que na época se chamava de “puxirão” e que muito contribuiu para que as famílias mais carentes pudessem garantir o sustento das famílias e sobretudo as que tinham pessoas enfermas, o que dificultava enormemente os trabalhos nas roças da época.
Natália se casou com Luciano Gawenda, teve 7 filhos, todos desenvolveram atividades agrícolas na região e alguns deles ainda desenvolvem as mesmas atividades. Dona Natália partiu precocemente. Faleceu em 1993, com 51 anos de idade, deixando saudades e o seu exemplo de humildade e perseverança, além de uma grande lição de vida através de doação de seu trabalho aos que mais precisam.
Parabéns aos envolvidos as famílias dos homenageados, pois o município só se desenvolveu com a luta e a garra destas pessoas que tanto fizeram por Coronel Vivida
Fonte Eder Borba
Por Valdenir Lima


Fotos da Notícia



› Voltar

› Veja todas as noticias

PARCEIROS

PREVISÃO DO TEMPO

PROGRAMAÇÃO DO DIA

  • › 06:00 às 06:05 - Oração da Manhã
  • › 07:00 às 07:30 - RVP Notícias 1a Edição
  • › 07:30 às 10:00 - Bom Dia Cidade
  • › 10:00 às 11:50 - Alma da Terra
  • › 11:50 às 12:00 - A Voz da Esperança
  • › 12:00 às 12:05 - Pref. Munic. Coronel Vivida
  • › 12:05 às 12:30 - RVP Notícias 2a Edição
  • › 12:30 às 13:00 - Destaques Esportivos
  • › 13:00 às 15:00 - Sementes da Nossa Terra
  • › 15:00 às 15:30 - A Hora da Misericórdia
  • › 15:30 às 17:00 - Show da Tarde
  • › 17:00 às 19:00 - Entardecer Musical
  • › 19:00 às 20:00 - A Voz do Brasil
  • › 20:00 às 22:00 - Amigos pela Fé
  • › 22:00 às 23:00 - Experiência de Deus
  • › Veja toda a nossa programação