Ao vivo

Oração da Manhã

com Pe. Reginaldo Manzotti

06:00 até as 06:05

a seguir:

Amanhecer no Sertão

06:05 até as 06:50

Notícias

Concerto ítalo-brasileiro percorre municípios do Sudoeste.

10/07/18 11:07

A turnê do concerto “Dois continentes, uma emoção” começa nesta terça-feira, 10, às 19h30, no Centro de Eventos Heitor Rodrigues, em Santo Antônio do Sudoeste. Ao todo, 19 municípios do Sudoeste receberão o espetáculo, até 29 de julho, com entrada gratuita. A realização é da Cooperativa de Arte e Cultura do Sudoeste (Coperarte), por meio do Ministério da Cultura. O projeto é composto por uma reunião de artistas do Brasil e da Itália, na execução de canções folclóricas da região italiana de Nápoles. Participam do show o quarteto de mandolins Hathor Plectrum Quartet, de Puglia, na Itália, Quinteto de Cordas de Maringá e o cantor lírico Etcheverry Rebelatto, de Francisco Beltrão.
O quarteto italiano é formado por Antonio Schiavone e Roberto Bascià (mandolinos), Sergio Vacca (mandola) e Vito Mannarini (violão). É a segunda vez do grupo no Brasil, sendo a primeira em 2016 quando participaram do Festival Internacional de Música, em Beltrão. As canções do show são um resgate histórico do século 18 e utilizam instrumentos típicos da época. “Esses instrumentos, nessas características que vamos apresentar nesse projeto, são datados do século 18. As canções também são dessa época. Os compositores escreviam para serem apresentados com esses instrumentos”, diz Roberto. “Não são simplesmente notas e letras, é uma bagagem histórica que vem com essas canções”, completa Vito.
O grupo foi formado em 2010 e já se apresentou em mais de 25 países. Em cada concerto, eles buscam integrar ao espetáculo instrumentos e músicas da cultura local. “Temos muitas curiosidades pelas culturas quando chegamos nos países. Às vezes, pegamos músicas locais e transformamos no mandolino, outras utilizamos instrumentos típicos do País. Há dois anos, quando viemos pra cá a primeira vez, nós tocamos música brasileira”, lembra Roberto. E de música brasileira eles conhecem bem. “Gostamos muito do choro e do samba brasileiro. De Waldir Azevedo, Vinícius de Moraes, Chico Buarque e Tom Jobim.”
Para o projeto, foram escolhidas 14 músicas entre folclóricas, clássicas, populares e temas de filmes. “Estamos preparamos algumas surpresas que serão incluídas no repertório. Nós estamos há tempos conversando, escolhendo as canções”, comenta o cantor lírico beltronense Etcheverry Rebelatto. O artista afirma que muitos cantores que possuem a mesma formação lírica gostariam de participar de uma oportunidade como essa. “Muitos gostariam de cantar músicas italianas do século 18, com músicos italianos e instrumentos originais. É fantástico.”
O Quinteto de Cordas de Maringá já realizou diversas apresentações em Francisco Beltrão e no Sudoeste, em outros projetos da Coperarte e da Sonata Escola de Música, mas é o primeiro contato deles com a música folclórica napolitana. Participam do grupo, Pedro Leal no 1º violino, Marlon Vítor no 2º violino, Abner Marcelino na viola, Pamela Prado no violoncelo e Douglas Lemes no contrabaixo. Segundo Pedro, o encontro “Dois continentes, uma emoção” terá um resultado único na música. “Estamos conversando há tempos com a troca de arranjos. Ou tem partituras para o grupo de mandolinos ou para grupo de cordas, então tudo o que sair aqui serão versões novas. Vai ser um encontro bem interessante”.
Oportunidade para os municípios
O evento é uma oportunidade para muitos municípios receberem uma atração cultural de grande magnitude. “É algo muito diferente para os pequenos municípios, pois muitos não têm ofertas de atrações como essa. O espetáculo é um show para todos e não vai acontecer só no palco, mas no público também”, afirma o presidente da Coperarte, Roniedson Rebelatto. “As pessoas vão sentir na pele a essência da música italiana, da música napolitana, música sulista italiana. Essa energia que vai rolar no palco e na música, entre o público e nós, vai ser única. Se não for nesse palco, só na Itália para presenciar”, completa Etcheverry. O concerto “Dois continentes, uma emoção” é patrocinado pelo Sicoob, BRDE, Plast Bel, Ítalo e Grupo Toscan, por meio da Lei Rouanet, do Ministério da Cultura.
Dois continentes, uma emoção – Agenda
10/7 – 19h30: Santo Antônio do Sudoeste
11/7 – 19h30: Pinhal de São Bento
12/7 – 19h30: Cruzeiro do Iguaçu
13/7 – 19h30: Salto do Lontra
14/7 – 19h30: Nova Prata do Iguaçu
15/7 – 14h30: Santa Izabel do Oeste
16/7 – 20h: Dois Vizinhos
17/7 – 19h30: Pranchita
19/7 – 20h: Maringá
20/7 – 20h: Capanema
21/7 – 19h30: Barracão
22/7 – 20h: Realeza
23/7 – 19h30: São Jorge D’Oeste
24/7 – 19h: Planalto
25/7 – 20h: Verê
26/7 – 19h30: Francisco Beltrão
27/7 – 20h: Coronel Vivida
28/7 – 20h: Ampere
29/7 – 17h: Marmeleiro
Entrada: gratuita.
Mais informações na página da Coperarte no Facebook.
Esta matéria utiliza fontes de: Assessoria
Por Portal RBJ




› Voltar

› Veja todas as noticias

PARCEIROS

PREVISÃO DO TEMPO

PROGRAMAÇÃO DO DIA

  • › 05:00 às 06:00 - Amanhecer no Sertão
  • › 06:00 às 06:05 - Oração da Manhã
  • › 06:05 às 06:50 - Amanhecer no Sertão
  • › 06:50 às 07:00 - O Homem e a Terra
  • › 07:00 às 07:30 - RVP Notícias 1a Edição
  • › 07:30 às 10:00 - Bom Dia Cidade
  • › 10:00 às 11:50 - Alma da Terra
  • › 11:50 às 12:00 - A Voz da Esperança
  • › 12:00 às 12:05 - Prefeitura Municipal de Coronel Vivida
  • › 12:05 às 12:30 - RVP Notícias 2a Edição
  • › 12:30 às 13:00 - Destaques Esportivos
  • › 13:00 às 15:00 - Sementes de Nossa Terra
  • › 15:00 às 15:30 - A Hora da Misericórdia
  • › 15:30 às 17:00 - Show da Tarde
  • › 17:00 às 19:00 - Entardecer Musical
  • › 19:00 às 20:00 - A Voz do Brasil
  • › 20:00 às 22:00 - Amigos pela Fé
  • › 22:00 às 23:00 - Experiência de Deus
  • › Veja toda a nossa programação