Ao vivo

Transmissão de Futebol

15:30 até as 18:30

a seguir:

Oração da Manhã

com Pe. Reginaldo Manzotti

18:00 até as 18:05

Notícias

Elize Matsunaga vai a júri popular no próximo dia 28 de novembro.

22/11/16 11:11

A Chopinzinhense Elize Matsunaga acusada de matar e esquartejar o marido, em São Paulo, em 2012, vai a júri popular no dia 28 deste mês. O julgamento pode durar até cinco dias.
Em depoimento à polícia, em 2012, Elize disse que o casamento com o diretor da Yoki, Marcos Matsunaga, começou a ruir depois que ela descobriu a primeira traição. Na véspera do crime, ela descobriu que o marido tinha outra amante e disse que o matou durante uma discussão. Segundo informou a assessoria do Tribunal de Justiça (TJ), o julgamento está previsto para começar às 9h30. “Confiamos em um julgamento justo pelo Tribunal do Povo", disse o advogado Luciano Santoro, que defende Elize, sobre a marcação do julgamento.
Elize é ré no processo no qual é acusada de homicídio doloso triplamente qualificado (motivo torpe, meio cruel e recurso que dificultou a defesa da vítima), destruição e ocultação de cadáver.
Ela confessou o crime, alegando que agiu sozinha, em legítima defesa. Contou ter descoberto a traição do marido, discutido com ele no apartamento do casal, e dado um tiro na cabeça dele para se proteger - ele teria dado um tapa em seu rosto.
Em seguida, Elize esquartejou o corpo e espalhou as partes em vários locais da Grande São Paulo.
Crime
Elize e Marcos eram casados na época do assassinato, em 19 de maio de 2012. Ela tinha 30 anos e ele, 42. O crime teria ocorrido durante uma discussão do casal.
Ela contou que flagrou a traição de Marcos com uma prostituta após contratar um detetive particular. Elize também havia sido garota de programa quando conheceu o empresário.
O casal tem uma filha, atualmente com 5 anos, que está sob cuidados de familiares do pai.
Após atirar na cabeça do marido, Elize contou que esquartejou o corpo dele, o ensacou e jogou as partes em terrenos de Cotia, na Grande São Paulo.
A família de Marcos denunciou o desaparecimento dele no dia 21 daquele mês. Duas semanas depois, Elize foi presa e confessou ter matado o marido.
Fonte rádio Chopinzinho
Por Valdenir Lima




› Voltar

› Veja todas as noticias

PARCEIROS

PREVISÃO DO TEMPO

PROGRAMAÇÃO DO DIA

  • › 06:00 às 07:00 - Encontro de Gerações
  • › 07:00 às 08:30 - Ricordi d´Itália
  • › 08:30 às 09:30 - Santa Missa da Matriz São Roque
  • › 09:30 às 12:00 - Pallotti no Interior
  • › 12:00 às 13:00 - Rádio Saudade
  • › 13:00 às 14:30 - Mistura Brasileira
  • › 14:30 às 15:30 - Músical Especial
  • › 15:30 às 18:30 - Transmissão de Futebol
  • › 18:00 às 18:05 - Oração da Manhã
  • › 18:30 às 20:30 - Cultivando a Tradição
  • › 20:30 às 22:00 - Retratos e Canções
  • › Veja toda a nossa programação