Ao vivo

Experiência de Deus

com Pe. Reginaldo Manzotti

22:00 até as 23:00

a seguir:

com

até as

Notícias

BOLETOS PODERÃO SER PAGOS EM QUALQUER BANCO APÓS O VENCIMENTO

24/01/17 14:01

Motivo de dor de cabeça e até horas em filas de bancos, os boletos bancários poderão ser pagos em qualquer agência bancária, mesmo após o vencimento. A mudança passa a vigorar a partir de março, de acordo com a Federação Brasileira dos Bancos (Febraban), que, em parceria com a rede bancária, está desenvolvendo um novo sistema de liquidação e compensação para os boletos bancários, alvo de fraudes milionárias, que irá proporcionar mais segurança e comodidade aos consumidores.

O novo sistema de cobrança de boletos, projeto iniciado há três anos, possibilitará que todos os boletos sejam registrados em uma plataforma única, utilizada por todos os bancos. Em março, entrarão no sistema todos os boletos com valor igual ou acima de R$ 50 mil. Em maio, serão inseridos na plataforma aqueles com valor igual ou acima de R$ 2 mil. Após dois meses, será a vez das faturas a partir de R$ 1 mil, e assim sucessivamente. Até dezembro, todas as faturas, independentemente do valor, estarão incluídas no novo sistema.

Com o novo processo, os bancos passarão a controlar melhor todos os boletos que forem postados para os pagadores, melhorando a capacidade de filtrar o envio de boletos indevidos. Sem registro, o banco só toma conhecimento da emissão do boleto quando ele chega à compensação, o que facilita a ação de fraudadores.

Segundo Febraban, em 2015, mais de 3,7 bilhões de boletos foram emitidos, volume que chamou a atenção das quadrilhas de fraudadores. No ano passado, os recursos desviados devido a esse tipo de fraude somaram R$ 320 milhões.

O novo sistema funcionará da seguinte forma: quando o consumidor, seja pessoa física ou jurídica, fizer o pagamento, mesmo de um boleto vencido, será feita uma consulta à Nova Plataforma para checar as informações. Para isso, a empresa que emitir uma cobrança deverá enviar os dados para o banco, que os repassa à plataforma. Na hora do pagamento, as informações contidas no código de barras serão comparadas com os registros do sistema. Se os dados do boleto que estiver sendo pago coincidirem com aqueles que constam no sistema da Nova Plataforma, a operação é validada. Se houver divergência de informações, o pagamento do boleto não será autorizado e o consumidor só poderá realizar o pagamento exclusivamente no banco que emitiu a cobrança, uma vez que essa instituição terá condições de fazer as checagens necessárias.

No modelo atual, isso não ocorre porque nem todos os boletos são registrados em uma base centralizada. Por isso, os emissores dos boletos deverão registrá-los no seu banco de relacionamento, com as informações necessárias.

Por: Guilherme Zimermann
Foto: Ilustrativa




› Voltar

› Veja todas as noticias

PARCEIROS

PREVISÃO DO TEMPO

PROGRAMAÇÃO DO DIA

  • › 05:00 às 06:00 - Amanhecer no Sertão
  • › 06:00 às 06:05 - Oração da Manhã
  • › 06:05 às 06:50 - Amanhecer no Sertão
  • › 06:50 às 07:00 - O Homem e a Terra
  • › 07:00 às 07:30 - RVP Notícias 1ª Edição
  • › 07:30 às 10:00 - Bom Dia Cidade
  • › 10:00 às 11:50 - Alma da Terra
  • › 11:50 às 12:00 - A Voz da Esperança
  • › 12:00 às 12:05 - Prefeitura Municipal de Coronel Vivida
  • › 12:05 às 12:30 - RVP Notícias 2ª Edição
  • › 13:00 às 15:00 - Sementes da Nossa Terra
  • › 15:00 às 15:30 - A Hora da Misericórdia
  • › 15:30 às 17:00 - Show da Tarde
  • › 17:00 às 19:00 - Entardecer Musical
  • › 19:00 às 20:00 - A Voz do Brasil
  • › 20:00 às 22:00 - Raízes Sertanejas
  • › 22:00 às 23:00 - Experiência de Deus
  • › Veja toda a nossa programação