Ao vivo

com

até as

a seguir:

Encontro de Gerações

com

06:00 até as 07:00

Notícias

ATENÇÃO: acusados de homicídio em coronel vivida foram levados à júri popular em Guarapuava.

16/02/17 15:02

ATENÇÃO: acusados de homicídio em coronel vivida foram levados à júri popular em Guarapuava.
Acompanhe:
Chopinzinhenses foram julgados em Guarapuava. Dos onze réus nove foram condenados e dois absolvidos.
Nesta semana foi realizado um júri no Fórum da Comarca de Guarapuava de um crime de homicídio registrado em Coronel Vivida, onde no dia 22 de março de 2013, Orides Vieira André foi morto a tiros. Como se tratava de um crime com o envolvimento de 11 réus, o Ministério Público da Comarca de Coronel Vivida, pediu o desaforamento do júri, o qual foi transferido para Guarapuava.
O júri iniciou na segunda feira, dia dia 13, e encerrou somente na madrugada desta quinta feira, dia 16, com duração de três dias, onde estiveram envolvidos na defesa dos acusados 09 advogados. Na manhã de hoje, os advogados Dr. Auro Almeida Garcia e Dr. Delomar Godói, falaram ao vivo na Rádio Chopinzinho sobre o resultado e seus clientes.
Pelo crime de homicídio três dos réus eram acusados, sendo Rudinei Paim de Camargo, Edivandro Albrecht e Jonael Freitas de Andrade. Dos três apenas Rudinei Paim de Camargo foi condenado a uma pena de 12 anos, sendo que os outros dois foram absolvidos nesta acusação.
Todos os réus também respondiam pelo crime de organização criminosa, onde segundo o advogado Dr. Auro Almeida Garcia, houve a desqualificação para associação criminosa, o que prevê uma pena menor, onde nove dos onze foram condenados e dois absolvidos. Nesta acusação, segundo Dr. Auro, seu cliente Daniel Siqueira, foi condenado a uma pena de 1 ano e 6 meses.
Os dois absolvidos na acusação de associação criminosa são Gilmar Paim e Ivo Poli de Ramos, os quais como respondiam apenas por essa acusação, foram colocados em liberdade.
O advogado Dr. Delomar Godói, defendia cinco dos réus, dos quais Rudinei Paim de Camargo, foi condenado há 12 anos pelo homicídio; Edivandro Albrecht, 1 ano e 6 meses por associação criminosa; Wagner Schizzi, 1 ano e 6 meses por associação criminosa; Niomar Ramos, 1 anos e 6 meses por associação criminosa e Rodrigo Paim de Camargo, 1 ano e 6 meses por associação criminosa. Godói disse que está recorrendo da decisão, tendo em vista que seus clientes foram condenados a uma pena de 1 ano e 6 meses, e permaneceram presos por 3 anos e 2 meses. No crime de homicídio, ele disse que também recorreu da sentença, pois a denúncia diz que havia três pessoas na cena do crime, e apenas seu cliente foi condenado.
Quanto aos demais acusados não foi possível manter contato com seus defensores, porém, o que se sabe é que também foram condenados pelo crime de associação criminosa.
Fonte rádio Chopinzinho
Por Valdenir Lima




› Voltar

› Veja todas as noticias

PARCEIROS

PREVISÃO DO TEMPO

PROGRAMAÇÃO DO DIA

  • › 06:00 às 07:00 - Encontro de Gerações
  • › 07:00 às 08:30 - Ricordi d´Itália
  • › 08:30 às 09:30 - Santa Missa da Matriz São Roque
  • › 09:30 às 12:00 - Pallotti no Interior
  • › 12:00 às 13:00 - Rádio Saudade
  • › 13:00 às 14:30 - Mistura Brasileira
  • › 14:30 às 15:30 - Músical Especial
  • › 15:30 às 18:30 - Transmissão de Futebol
  • › 18:00 às 18:05 - Oração da Manhã
  • › 18:30 às 20:30 - Cultivando a Tradição
  • › 20:30 às 22:00 - Retratos e Canções
  • › Veja toda a nossa programação