Ao vivo

com

até as

a seguir:

Encontro de Gerações

com

06:00 até as 07:00

Notícias

SUDOESTE DO PARANÁ DEVERÁ COLHER 2 MILHÕES DE TONELADAS DE SOJA

27/02/17 15:02

Mais de 2 milhão de toneladas de soja deverão ser colhidas na safra 2016/2017 nos 42 municípios do Sudoeste do Paraná, numa área superior 500 mil hectares, com projeções de produção recorde. Em todo o estado, novas estimativas apontam para um volume de 19 milhões de toneladas. Produtores aguardam recuperação do preço que caiu seguindo a cotação do dólar.

Os produtores da microrregião de Pato Branco, com 15 municípios, conforme o Departamento de Economia Rural(DERAL), plantaram 310 mil hectares com a oleaginosa. O órgão projeta que deverão ser colhidas 1,05 milhões de toneladas em uma área 1% menor que a safra anterior, que rendeu 1,03 milhões, colhidas em 311,7 mil hectares.

Nos 27 municípios dos núcleos regionais de Francisco Beltrão e Dois Vizinhos a perspectiva é a mesma. Conforme publicou o Jornal de Beltrão nestas regiões foram plantados 270 mil hectares de soja, que está rendendo uma média de 150 sacas por alqueire, com previsão de colheita de 1 milhão de toneladas, 10% a mais que na safra anterior.

PARANÁ

A previsão de safra recorde, que apontava para uma colheita de 18,3 milhões de toneladas, foi estendida para 18,6 milhões de toneladas, com potencial de superar os 19 milhões, volume nunca antes colhido no Estado. Para o secretário estadual da Agricultura e do Abastecimento, Norberto Ortigara, essa expectativa de produção é excepcional, em função de um clima extremamente favorável que com um inverno mais rigoroso, no ano passado, contribuiu para a redução de pragas e doenças. Além disso, a aplicação de tecnologia por parte do produtor está proporcionando bons resultados, com rendimento acima da média.

O diretor do Deral, Francisco Simioni, disse que a supersafra de grãos que está sendo colhida no Paraná continua oferecendo oportunidades de bons negócios aos produtores, muito embora neste mês os preços do milho e da soja tenham sofrido pequenas baixas, influenciados principalmente pela desvalorização do Dólar frente ao Real.

Já a comercialização não está acompanhando o ritmo do avanço da produtividade. Este ano, os produtores venderam cerca de 19% da safra neste mês de fevereiro, que correspondem a metade do ano passado, quando foram vendidos 41% da produção. O produtor está segurando a comercialização, esperando reação nos preços. Atualmente, o preço da soja oscila entre R$ 63,00 a R$ 65,00 a saca nas várias regiões do Estado, mas o produtor tem a expectativa de reação para cerca de R$ 70,00 como estava no ano passado.

Por: Ivan Cezar Fochzato




› Voltar

› Veja todas as noticias

PARCEIROS

PREVISÃO DO TEMPO

PROGRAMAÇÃO DO DIA

  • › 06:00 às 07:00 - Encontro de Gerações
  • › 07:00 às 08:30 - Ricordi d´Itália
  • › 08:30 às 09:30 - Santa Missa da Matriz São Roque
  • › 09:30 às 12:00 - Pallotti no Interior
  • › 12:00 às 13:00 - Rádio Saudade
  • › 13:00 às 14:30 - Mistura Brasileira
  • › 14:30 às 15:30 - Músical Especial
  • › 15:30 às 18:30 - Transmissão de Futebol
  • › 18:00 às 18:05 - Oração da Manhã
  • › 18:30 às 20:30 - Cultivando a Tradição
  • › 20:30 às 22:00 - Retratos e Canções
  • › Veja toda a nossa programação