Ao vivo

com

até as

a seguir:

Amanhecer no Sertão

05:00 até as 06:00

Notícias

"QUERO VOLTAR DE CABEÇA ERGUIDA E TENHO FICHA LIMPARA PARA ISSO", DIZ OSMAR DIAS COMO PRÉ-CANDIDATO AO GOVERNO DO PARANÁ

11/04/17 08:04

Afastado da política há seis anos, o ex-secretário da Agricultura, ex-senador da República, e ex-diretor de Agronegócios do Banco do Brasil, cargo que ocupou neste período, Osmar Dias quer ser governador do Paraná em 2018. Não esconde isso de ninguém, mas, de acordo com a legislação eleitoral, oficialmente ainda é pré-candidato ao governo. Traz como principal discurso sua ficha limpa, um grande diferencial em meio a tantas denúncias de corrupção envolvendo políticos. Nesta segunda-feira (10), em entrevista ao radialista e deputado estadual Luiz Carlos Martins, Dias disse o que o motiva a entrar pra “briga” em 2018.

“Se as pessoas sérias se afastarem e não se apresentarem para disputar as eleições, os picaretas vão continuar atuando livremente em nosso país. As pessoas olham a classe política com desconfiança e não posso me omitir num momento como esse. Tenho a ficha limpa e quero voltar de cabeça erguida. Sempre respeitei a população e o dinheiro público. Perde eleições e nunca saí culpando meu adversário. Pelo contrário, sempre torci pelo governo que viria. Agora, é preciso romper este modelo de crise moral com 20 milhões de desempregados. Não dá para continuar assim”, afirmou.

Osmar Dias também lembrou que em 2000 assinou, junto com o irmão Álvaro Dias, uma CPI para apurar a corrupção no Congresso e foi expulso do PSDB por isso. “Fiquei muito chateado naquela época. Fui obrigado a retirar minha assinatura, mas não tirei e acabei expulso. Isso no ano 2000. É uma briga grande, mas temos que fazer o cidadão saber que há trabalhadores, empresários e políticos honestos também. Não se pode nivelar por baixo”.

Dias disse também ser a favor da Lava Jato e contou a Martins que está viajando pelo Paraná ouvindo o que a população quer. “Tenho sido muito recebido e estou impressionado em ver como a população está indignada com toda essa corrupção. Sou político, mas tenho vergonha na cara. O que apresento é o novo que nada mais é que o nosso jeito antigo de governar com seriedade, ética e moral. Isso é o moderno”.

Alianças

Sondado por vários partidos para possíveis alianças em 2018, Dias prefere não definir nada agora. Porém, não descarta ninguém. “Espero estar com o povo nas eleições. É esta aliança que quero fazer. Alianças políticas vou discutir lá na frente, depois da reforma política, depois dos desdobramentos da lava jato. O que posso garantir é que no meu governo, caso eleito, só terei pessoas com capacidade técnica e ficha limpa”, afirmou Osmar sem citar nomes.

Uma das possibilidades levantadas nos bastidores políticos é uma eventual aliança de Osmar ao governo com Beto Richa disputando ao Senado. Hipótese não confirmada ou desmentida por Osmar Dias.

Pra finalizar, Dias afirmou que não faz promessas. “Não faço promessas, assumo compromissos, o que é muito diferente. Muitos políticos precisam aprender isso”, completou.

Por: Denise Mello
Fonte: Banda B
Foto: Banda B



› Voltar

› Veja todas as noticias

PARCEIROS

PREVISÃO DO TEMPO

PROGRAMAÇÃO DO DIA

  • › 05:00 às 06:00 - Amanhecer no Sertão
  • › 06:00 às 06:05 - Oração da Manhã
  • › 06:05 às 06:50 - Amanhecer no Sertão
  • › 06:50 às 07:00 - O Homem e a Terra
  • › 07:00 às 07:30 - RVP Notícias 1a Edição
  • › 07:30 às 10:00 - Bom Dia Cidade
  • › 10:00 às 11:50 - Alma da Terra
  • › 11:50 às 12:00 - A Voz da Esperança
  • › 12:00 às 12:05 - Prefeitura Municipal de Coronel Vivida
  • › 12:05 às 12:30 - RVP Notícias 2a Edição
  • › 12:30 às 13:00 - Destaques Esportivos
  • › 13:00 às 15:00 - Sementes de Nossa Terra
  • › 15:00 às 15:30 - A Hora da Misericórdia
  • › 15:30 às 17:00 - Show da Tarde
  • › 17:00 às 19:00 - Entardecer Musical
  • › 19:00 às 20:00 - A Voz do Brasil
  • › 20:00 às 22:00 - Amigos pela Fé
  • › 22:00 às 23:00 - Experiência de Deus
  • › Veja toda a nossa programação