Ao vivo

com

até as

a seguir:

com

até as

Notícias

Acusação e defesa irão apresentar alegações finais no caso da costureira Marli.

14/04/17 12:04

O marido José Frizanco está preso desde 18 de novembro do ano passado e é tido como principal suspeito.
O Ministério Público ouviu 24 pessoas no processo que apura o sumiço da costureira Marli Frizanco, que está desaparecida desde 29 de junho de 2016. O marido, José Frizanco, está preso desde 18 de novembro do ano passado e é tido como principal suspeito pelo desaparecimento da esposa. A partir de agora, o MP e a defesa irão apresentar alegações finais e na sequência a Justiça decide se Frizanco irá a júri popular ou não.
A promotora de Justiça Silvia Skaetta Nunes disse que, assim que receber o processo, terá cinco dias para se pronunciar. Ela adiantou que não irá comentar o caso por enquanto. Se a Justiça local definir que haverá um júri popular, a defesa ainda pode recorrer ao Tribunal de Justiça do Paraná. Silvia afirmou que é muito difícil definir um prazo para este trâmite processual, mas com base nas ações deste tipo é possível que transcorram pelo menos três meses até o julgamento.
Fonte Rádio Ampere
Por Valdenir Lima




› Voltar

› Veja todas as noticias

PARCEIROS

PREVISÃO DO TEMPO

PROGRAMAÇÃO DO DIA

  • › 06:00 às 07:00 - Encontro de Gerações
  • › 07:00 às 08:30 - Ricordi d´Itália
  • › 08:30 às 09:30 - Santa Missa da Matriz São Roque
  • › 09:30 às 12:00 - Pallotti no Interior
  • › 12:00 às 13:00 - Rádio Saudade
  • › 13:00 às 14:30 - Mistura Brasileira
  • › 14:30 às 15:30 - Músical Especial
  • › 15:30 às 18:30 - Transmissão de Futebol
  • › 18:00 às 18:05 - Oração da Manhã
  • › 18:30 às 20:30 - Cultivando a Tradição
  • › 20:30 às 22:00 - Retratos e Canções
  • › Veja toda a nossa programação