logo

A SEGUIR

"Alma da Terra"

10:00:00 - 11:50:00

"A Voz da Esperança"

11:50:00 - 12:00:00

Dia 21 de setembro - Dia da Árvore

No dia 21 de setembro comemoramos o Dia da Árvore em todo o território nacional, mas em nível mundial comemora-se no dia 21 de março o Dia da Árvore e da Floresta. Aproveitando o ensejo, a Pastoral da Ecologia Integral da Paróquia São Roque de Coronel Vivida (PR) promove pela primeira vez de 18 a 25 a Semana da Árvore. Com o objetivo de conscientizar a população sobre a importância das riquezas naturais, o mundo criado e deixado aos cuidados do ser humano. Tendo como lema: “Plante e cultive árvores. Elas oferecem o oxigênio que você respira”.

Mas, a final de contas, o que são as árvores? As árvores são plantas lenhosas de grande porte que, normalmente, apresentam um único tronco e ramos que formam uma copa. Quando se observa a paisagem, espécies desse tipo são dominantes, além de serem as que possuem maior tempo de vida.

As árvores possuem papel essencial na produção de oxigênio. Por meio da fotossíntese, vegetais, algas e algumas bactérias são capazes de transformar a energia luminosa em energia química e fixar o carbono em compostos orgânicos. Durante esse processo, o oxigênio é liberado para o meio. Além disso, as raízes das árvores são responsáveis por evitar o processo de erosão.

Além da fotossíntese, as árvores exercem diversos papéis ecológicos. As espécies arbóreas, por exemplo, evitam a erosão e melhoram a umidade relativa do ar por intermédio da evapotranspiração. Também servem de moradia para várias espécies de animais e aves, além de fornecer alimento para uma grande quantidade de organismos vivos, inclusive o ser humano.

Os benefícios das árvores são inúmeros, pois elas também ajudam a diminuir a temperatura do ambiente e fornecem sombra para os momentos de descanso das pessoas e de animais. Também são responsáveis por um toque de beleza nas paisagens naturais e até mesmo nas cidades. Como é bonita uma cidade arborizada e que faz jus a um equilíbrio entre a selva de pedras e a natureza.

As árvores também possuem grande importância econômica. Muitas casas e móveis são construídos com base desse vegetal. Das árvores vem a celulose que constitui a matéria-prima fundamental na fabricação de papel. Sem falar das espécies que apresentam compostos usados na indústria farmacêutica para a produção de medicamentos.

Sem as plantas arbóreas, os dias ficam mais quentes, a umidade cada vez menor, e os animais e os seres humanos perdem locais maravilhosos de sombra para o merecido descanso. Sem as raízes das árvores acontece a erosão do solo e, consequentemente, a diminuição de inúmeras espécies de plantas e animais. Sem árvores acontece um impacto econômico, industrial e ambiental.  

Portanto, faz-se necessário o urgente debate sobre a preservação das árvores. Que as escolas, universidades, igrejas e o Estado possam nos ajudar nessa reflexão. Para que as árvores sejam preservadas e que haja campanhas de reflorestamento e educação ambiental. Além disso, um toque no mundo político sobre o devido cuidado para com a natureza. Que o progresso aconteça em harmonia com a proteção ambiental. Ademais, proteger o meio ambiente é papel de toda a sociedade, mas se cada fazer a sua parte as próximas gerações conseguirão conhecer uma árvore. Em 05 de junho de 2015, o Papa Francisco escreveu essa mensagem pelo Twitter: “Não se esqueçam nunca que o meio ambiente é um bem coletivo, patrimônio de toda humanidade e responsabilidade de todos”.

*Por padre Judinei Vanzeto, jornalista, diretor administrativo da Rádio Vicente Pallotti, gestor da Unilasalle/Fapas Polo Coronel Vivida e pároco da Paróquia São Roque de Coronel Vivida-PR.

 

Topo