logo

A SEGUIR

"RVP Notícias"

07:00:00 - 08:00:00

"Bom Dia Cidade"

08:00:00 - 10:00:00

CONFLITO AGRÁRIO NO SUDOESTE: Mais de 60 famílias correm o risco de ser despejadas em processo de reintegração de posse

 

O departamento de jornalismo da Pallotti FM foi procurado por moradores dos acampamentos Nossa Senhora Aparecida na fazenda Rodeio, no município de Reserva do Iguaçu que vivem um conflito agrário. Nossa equipe de reportagem se deslocou até o local onde foi verificada uma grande movimentação de pessoas em um clima tenso e atormentador.

De acordo com os moradores e autoridades políticas municipais, o conflito já se estende por mais de 18 anos neste local onde cerca de 60 famílias estão acampadas. Tempo este que os atuais moradores construíram benfeitorias, edificaram residências e organizaram sítios com criações de animais de grande e pequeno porte além de lavouras.  Em sentença definitiva foi decidido pela reintegração de posse e nesta manhã de segunda-feira dia 25 de março, um oficial de justiça acompanhado por um grande aparato policial esteve notificando os moradores que reclamam da forma com que foram abordados e pedem um tempo hábil para desocupação.

Também fomos informados por membros da Associação de Moradores que durante a noite anterior, drones foram vistos sobrevoando o acampamento.   O clima nada amistoso seguiu noite a dentro quando algumas famílias observaram clarões de luzes nas janelas de suas casas que amanheceram com porteiras e palanques ao chão.

Relatam ainda que no início da manhã de hoje (25) caminhões e máquinas teriam sido usados para derrubar as benfeitorias e estariam no local dispostos à “auxiliar” no transporte das mudanças.

Ocorre que a maioria das famílias não tem pra onde ir e tão pouco dispõem de um local para realocar seus animais. Suas plantações ainda não foram colhidas e muitos possuem dívidas de custeio. “E mesmo se tivéssemos moradias para todos, aonde iriam trabalhar?” Questionava o prefeito Vitorio Nunes, à nossa reportagem. Ouvimos também o Superintendente do INCRA (Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária) do Estado do Paraná Nilton Bezerra Guedes que inclusive falou sobre o interesse do Instituto em adquirir as terras, inclusive à vista, porém que isso depende do aceite de ambas as partes interessadas.

Topo