logo

A SEGUIR

"Oração da Manhã"

06:00:00 - 06:05:00

"Amanhecer no Sertão"

06:05:00 - 06:50:00

Sequestro em Cafelândia - Mãe não sabe por que companheiro mantém filhos reféns


Segundo informações, não houve desentendimento entre o casal; sequestro já dura 20 horas…
A mãe dos adolescentes mantidos reféns em Cafelândia não gravou entrevista com a imprensa, mas disse desconhecer o motivo de o companheiro ter tido a atitude de manter os filhos dela em cárcere privado. As informações são do repórter Genésio Roecher. Já são 20 horas de negociações.
Os dois têm um relacionamento de cerca de dez anos e ela disse que estava tudo bem entre o casal. Eles estavam fazendo planos para melhorias na casa e a mulher estava trabalhando quando soube do sequestro.
Ela ficou sabendo que o filho de 15 anos não tinha aparecido para trabalhar. Como não tem telefone em casa ela ligou para a vizinha para saber o motivo. Quando a mulher foi até a casa, o homem disse que os adolescente, de 13 e 15 anos estavam amarrados.
Parentes foram chamados e tentaram conversar. Sem conseguir contornar a situação a polícia foi acionada. Segundo informações, o homem tem um histórico de atendimento psiquiátricos.
Os jovens estariam alimentados e dormiram durante a noite. Já o homem não dormiu. Quem o conhece acredita que ele pode ficar um longo período sem dormir.
Segundo a polícia, que conduz a negociação, o homem não revelou o motivo da atitude. Ele alterna picos de agressividade e tranquilidade. O homem está armado com uma faca. Para se comunicar com os negociadores ele usa um espelho, parecendo temer ataque. O objetivo da polícia é um desfecho pacífico do caso.
 

 

 

Topo