logo

A SEGUIR

"Momento Novo"

07:30:00 - 10:00:00

"Experiência de Deus"

10:00:00 - 11:00:00

Sobem para cinco os casos confirmados de dengue em Chopinzinho

A Secretaria de Saúde de Chopinzinho confirmou na manhã desta sexta-feira (14), o quinto caso de dengue no município. Segundo a Secretária de Saúde, Vilmarize Buffon, existem ainda casos suspeitos que estão aguardando resultado de exames. Vilmarize ressalta que a população deve realizar a utilização de repelente.

Na quinta-feira (13), alunos das escolas estaduais realizaram um mutirão de limpeza em alguns pontos da cidade, recolhendo copos plásticos, garrafas, potes, tampas de garrafas entre outros objetos. O trabalho de conscientização por parte da Vigilância em Saúde continua no município.

Neste sábado (15), os profissionais que atuam junto à prefeitura municipal, juntamente com entidades e parceiros estarão realizando uma intensificação na fiscalização em todos os bairros do município, com o recolhimento de objetos que possam se tornar criadouros do mosquito Aedes Aegypti.

Os principais sintomas da dengue são:

Febre alta > 38.5ºC.

Dores musculares intensas.

Dor ao movimentar os olhos.

Mal estar.

Falta de apetite.

Dor de cabeça.

Manchas vermelhas no corpo.

No entanto, a infecção por dengue pode ser assintomática (sem sintomas), leve ou grave. Neste último caso pode levar até a morte. Normalmente, a primeira manifestação da dengue é a febre alta (39° a 40°C), de início abrupto, que geralmente dura de 2 a 7 dias, acompanhada de dor de cabeça, dores no corpo e articulações, além de prostração, fraqueza, dor atrás dos olhos, erupção e coceira na pele. Perda de peso, náuseas e vômitos são comuns. Em alguns casos também apresenta manchas vermelhas na pele.

Na fase febril inicial da dengue, pode ser difícil diferenciá-la. A forma grave da doença inclui dor abdominal intensa e contínua, vômitos persistentes e sangramento de mucosas. Ao apresentar os sintomas, é importante procurar um serviço de saúde para diagnóstico e tratamento adequados, todos oferecidos de forma integral e gratuita por meio do Sistema Único de Saúde (SUS).

Denúncia de Focos

Se você souber de algum local que não esteja observando as orientações de prevenção contra a dengue, denuncie à Secretaria de Saúde. Combater a dengue é dever de todos!

Secretaria de Saúde – (46) 3242 – 1511

Departamento de Vigilância em Saúde – (46) 3242- 1533

Topo