logo

A SEGUIR

"Alma da Terra"

10:00:00 - 11:50:00

"A Voz da Esperança"

11:50:00 - 12:00:00

Como evitar o excesso de preocupações

Um padre americano costumava dizer que a Igreja Católica deveria ser o melhor “clube do não se preocupe” do mundo, pois ela incentiva os fiéis a viver em plena confiança na providência divina.

O padre Francis Xavier Lasance, em seu livro My Prayer Book (“Meu Livro de Oração”), explica que os católicos devem sempre ser aqueles que não se preocupam. Diz ele:

“Não há dúvida de que o melhor ‘clube do não se preocupe’ do mundo é a Igreja Católica, porque ela orienta seus membros a levar uma vida pura e santa, a cumprir seu dever, a se regozijar sempre no Senhor e a preservar a paz da alma através da confiança simples e inocente na providência de Nosso Pai”.

Sim, é mais fácil falar do que fazer. Mas o padre Lasance continua explicando a chave dessa atitude:

“São Francisco de Sales, sabendo que todos os acidentes da vida, sem exceção, acontecem pela ordem da Providência, repousa nela com a maior tranquilidade, como uma criança no seio de sua mãe. Este santo estava tão cheio de confiança em Deus que, no meio dos maiores desastres, nada poderia perturbar a paz de sua alma. ‘Não posso deixar de ser persuadido’, costumava dizer, ‘que quem acredita em uma providência infinita, que se estende até o mais baixo verme, deve esperar o bem de tudo o que lhe acontece.'”

A capacidade de não se preocupar baseia-se inteiramente em um abandono confiante da providência de Deus. Isso significa que confiamos que Deus tem em mente nosso bem supremo e que, mesmo nos piores sofrimentos, ele tem um bem reservado para nós.

No mesmo espírito, São Vicente nos exorta:

“Vamos depositar nossa confiança em Deus e estabelecer-nos em toda uma dependência Dele. Então, não temam o que os homens podem dizer ou fazer contra nós”. 

Essa atitude de confiança em Deus era um tema comum entre todos os santos, especialmente São Francisco de Assis. Dizia ele:

“Feliz é o homem que não se preocupa nem se entristece com nada neste mundo, mas leva uma vida santa, sem qualquer apego desordenado, e abandona-se alegremente à vontade de Deus.”

Se você deseja reduzir suas preocupações, confie em Deus, não em qualquer poder humano que este mundo tenha a oferecer. Não podemos depositar nossa confiança final em saúde, autoridades políticas ou qualquer outra pessoa na liderança. A única coisa que podemos fazer é confiar em Deus.

Topo