Covid-19 afeta mais 1.004 pessoas e causa 58 mortes no Estado

A Secretaria de Estado da Saúde confirma nesta quinta-feira (15), 1004 novos casos e 58 óbitos pela infecção causada pelo novo coronavírus. O Paraná soma agora 194.565 casos e 4.832 mortos em decorrência da Covid-19. Há ajustes nos casos confirmados detalhados ao final do texto.

INTERNADOS – A estrutura hospitalar abriga 735 pacientes com diagnóstico confirmado de Covid-19. São 591 pessoas internadas em leitos SUS, sendo 286 em UTIs e 305 em enfermarias. Outras 144 pessoas ocupam leitos da rede particular. São 50 em UTIs e 94 em leitos clínicos.

Há outros 922 pacientes internados, 374 em leitos UTI e 548 em enfermaria, que aguardam resultados de exames. Eles estão em leitos das redes pública e particular. Os caos são considerados suspeitos de infecção pelo vírus Sars-CoV-2.

ÓBITOS – A secretaria estadual informa a morte de mais 58 pacientes, todos estavam internados. São 23 mulheres e 35 homens, com idades que variam de 30 a 94 anos. Os óbitos ocorreram entre os dias 16 de setembro a 15 de outubro.

Os pacientes que faleceram residiam em: Curitiba (10), Ponta grossa (5), Antonina (3), Londrina 93), Apucarana (2), Foz do Iguaçu (2), Toledo (2) e, um caso em cada um dos seguintes municípios: Ampere, Borrazopolis, Campo Largo, Carambeí, Castro, Clevelândia, Colombo, Colorado, Cruzmaltina, Dois Vizinhos, Iguaraçu, Lapa, Marechal Cândido Rondon, Marmeleiro, Morretes, Ortigueira, Paiçandu, Paranaguá, Pontal do Paraná, Porecatu, Realeza, Rio Bom, Rolândia, São Jorge d´Oeste, São José dos Pinhais, São Miguel do Iguaçu, Telêmaco Borba, Terra Roxa e Uraí.

FORA DO PARANÁ – O monitoramento da Secretaria da Saúde registra 2.051 casos de residentes de fora do Paraná, 48 pessoas foram a óbito.

AJUSTES

Alteração de município

Um óbito confirmado no dia 4/9 em Barracão (M, 59) foi transferido para Rio de Janeiro/RJ;

Um caso confirmado no dia 29/9 em Curitiba foi transferido para Morretes.

Exclusões

Um caso confirmado no dia 4/9 em Sulina foi excluído por duplicidade de notificação;

Um caso confirmado no dia 5/9 em Uraí foi excluído por duplicidade de notificação.

Topo