logo

A SEGUIR

"Oração da Manhã"

06:00:00 - 06:05:00

"Amanhecer no Sertão"

06:05:00 - 06:50:00

Com aumento de casos, Hemepar precisa com urgência da doação de plasma de quem já teve Covid-19

Com aumento de casos em várias cidades do Paraná, o Hemepar emitiu um alerta que precisa com urgência de doadores recuperados da Covid-19 para doação de plasma hiperimune. Um projeto-piloto permite a utilização de plasma como procedimento experimental no combate ao mesmo coronavírus, causador da Covid-19.  O experimento consiste em utilizar o plasma convalescente (parte líquida do sangue) coletada dos pacientes que se recuperaram da infecção pela doença. A técnica utiliza este material para tratar pessoas que tenham sido contaminadas pelo vírus e estejam no início dos sintomas, ainda no quadro leve. O objetivo é evitar que a doença tenha um agravamento e, em muitos casos, a necessidade de uma transferência para unidade de terapia intensiva. Os estudos começaram a ser desenvolvidos pelo Hemepar em março. É possível agendar a doação nas unidades do Hemepar em Curitiba, Campo Mourão, Cascavel, Foz do Iguaçu e União da Vitória.
 
A Secretaria de Estado da Saúde divulgou nesta quinta-feira mais 2.678 casos confirmados e 36 mortes em decorrência da infecção causada pelo novo coronavírus. O número de casos é o maior registro desde 28 de agosto, quando o Estado divulgou 2.866 confirmações e bateu o recorde de casos diários. Os dados acumulados do monitoramento da Covid-19 mostram que o Paraná soma mais de 246 mil casos e 5.775 mortos em decorrência da doença.
Topo