Paraná investe R$ 5,9 milhões para reforçar estrutura das escolas na retomada das aulas presenciais

O Paraná está investindo R$ 5,9 milhões para a retomada das aulas presenciais na rede pública de ensino. Após quase um ano de atividades presenciais suspensas por causa da pandemia, o retorno está agendado para o dia 18 de fevereiro.

No dia 15 de dezembro de 2020, o governo do estado anunciou a implantação de um modelo híbrido de educação para o retorno das aulas no ano letivo de 2021.

Pelo modelo, cada escola receberá até 50% dos estudantes presencialmente. O restante acompanhará as aulas pela internet. Os dois grupos de alunos irão se revezar entre atividades presenciais e remotas.

Para as aulas remotas, os professores irão transmitir as próprias atividades pela internet. Até julho, o estado deve implantar um outro sistema para a transmissão.

Nas escolas, os alunos terão que ficar a pelo menos 1,50 metro de distância, um do outro, além de seguir um protocolo de segurança e usar equipamentos de proteção adquiridos pelo governo.

Entre os itens adquiridos estão termômetros, para aferir a temperatura antes da entrada na escola, além de álcool em gel, tapetes higiênicos e duas máscaras por aluno.

O diretor-geral da Secretaria Estadual de Educação (Seed), Gláuco Dias, disse que os materiais foram adquiridos pelo estado entre novembro e dezembro.

"Os Núcleos Regionais de Educação já estão distribuindo esses materiais, mais de 90% deles já estão nos colégios, e os diretores já estão instalando esses equipamentos para o início das aulas", afirmou.

Além do auxílio do governo, as escolas também receberam autonomia para reforçar as medidas de segurança por conta própria, com obras ou equipamentos.Aulas no Paraná vão voltar no dia 18 de fevereiro, segundo o governo — Foto: Divulgação/Seed-PR

Aulas suspensas

Por causa da pandemia, as aulas presenciais foram suspensas em 20 de março de 2020. Em 19 de outubro, 54 escolas estaduais começaram a retomar com atividades extracurriculares presenciais.

De acordo com boletim publicado pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) nesta segunda-feira (11), o Paraná tem 471.201 casos confirmados e 8.695 mortes.

No dia em que as aulas foram suspensas, o estado registrava 36 casos de infecções pelo novo coronavírus e nenhuma morte.

Topo