Curitiba tem menor aumento da cesta básica no país, mas valor ainda passa de metade do salário mínimo

A Pesquisa Nacional da Cesta Básica de Alimentos, realizada mensalmente pelo Dieese, identificou que em 2020 o conjunto de produtos aumentou em todas as capitais brasileiras. As maiores altas nos valores da cesta básica foram registradas em Salvador, com 32,89%, e Aracaju, com 28,75%. A capital paranaense foi a que teve o menor aumento e mesmo assim a elevação foi grande: 17,76%. Os produtos que tiveram a maior variação anual de preço no Paraná foram o arroz 65,49%, o feijão 61,48%, a batata 46,18% e o tomate 31,08%. Somente o café e o açúcar tiveram redução, com 1,2% e 1,22%, respectivamente.

O valor da cesta básica em Curitiba fechou o ano em 540 reais e 36 centavos. O preço corresponde a mais da metade do salário mínimo líquido do período, que era de 1045 reais, comprometendo 55,90% da renda. A estimativa do Dieese é que o salário mínimo deveria ser de 5mil 304reais e 90 centavos, mais do que 5 vezes o valor vigente em 2020. Segundo o órgão, o cálculo é feito levando-se em consideração uma família de quatro pessoas, com dois adultos e duas crianças.

Topo